20/02/2019

Sessão MIMIMI - Dá pra ser profissional?

Inicio de ano é época de cuidar da saúde.
Essa é uma das minhas metas de 2019.
Mas tá difícil.
E olha que nem estou usando o SUS pra isso.

Caso 1
Marquei ortodontista para o filhote.
Agendei para uma data, pediram para mudar, concordei, mas devia ter negado.
Pois era um dia de agenda cheia.
Enfim... sai estressada, no meio do meu expediente.
Detalhe: iria pagar R$ 50 para avaliar (orçamento não deveria ser gratuito?), mais a documentação, mais a manutenção mensal.
Chego no consultório, o atendente não nos atendeu pois esqueci o RG do filhote.
Ele tem 13 anos, não assina nada, e era só uma avaliação, isso não poderia ser enviado pelo wattsapp depois?
Fui embora muito estressada com uma regra sem lógica, já que o Gabriel não assina contratos.
No SUS me atendem muito melhor.
Perdeu a cliente!



Caso 2
Marquei ginecologista para as 13 horas.
Me enviam uma mensagem pedindo para chegar 30 minutos antes.
Chego pontualmente as 12h30.
Tinha uma reunião as 15 horas.
As 14h30 vou perguntar se não serei atendida.
A atendente diz que tem 4 na minha frente ...
Como assim?
Perguntei se era normal o atraso e ela afirma que a médica se atrasa todo dia ... pede para marcar as 12 horas mas só chega depois das 14 horas.
Como assim???
Se ela chega as 14, por que não marcam a partir daí?
Sério que a médica acha que é ok deixar um cliente esperando premeditadamente por 2 horas?
Fui embora.
Ela pode não ser profissional, mas eu sou e fui para minha reunião.
Perdeu a cliente!

Sei que brasileiro é fogo com horário.
Mas meu outro dentista por exemplo, manda um mensagem no dia da consulta que diz bem claro: tolerância de 10 minutos.
Se chegar depois ele não atende.
Mas em compensação, eu não espero se for pontual.

Pra mim uma das premissas do atendimento é o interesse do cliente.
Não estou falando de gerar prejuízo para me agradar.
Nos dois casos quem perdeu tempo e dinheiro imediatamente fui eu.
Mas a longo prazo, esse tipo de profissional não se estabelece.
Tá difícil, mas eu não desisto.
Foco e ritmo sempre!

13/02/2019

Quarta é dia de manutenção na Geladeira!

Sim!
Tem um dia pra isso kkkk
Pelo menos para as Fly´s.

E isso é ótimo!
O condicionamento da manutenção semanal ajuda a agilizar o processo e não termos grandes problemas para lidar.

Toda quarta, em uns 10 minutos eu:
* olho prateleira por prateleira,
* tiro o que tem que ser descartado... o que não é muita coisa,
* passo um spray com produto e seco com papel absorvente,
* reorganizo as coisas,
* anoto algo que está acabando ou já finalizou,
* aproveito e já planejo algo que precisa ser preparado.
Basicamente a organização da minha geladeira é sempre essa:



1 - pratos prontos, sobras e ingredientes para refeições.
2 - Sobremesas, frutas, iogurtes.
3 - ovos e frios fatiado.
4 - Ingredientes para café da manhã. bebidas e suco.
O marido e filho não gostam de beber água, então sempre tento deixar um suco pronto, geladinho pra eles não apelarem para o refrigerante.
5 - Legumes, verduras e mel.
Meu marido tem obsessão com mel, mas quase não consome.
Eu não como mel.
Pra ajudar, mel não tem validade ou estraga! kkkk
Tenho dó de descartar ... então fica aqui, estou doando aos poucos, um dia venço o estoque de mel.


E na porta da geladeira tem ...
1 - pimentas! Paixão do marido.
2 - Ingredientes para doce + banha de porco kkkk sim esse potinho é banha! kkkk
3 - Azeitona, molho aberto, catchup/mostarda e temperos.
4 - Espumante! Momento ostentação kkkk
As garrafas de água, o iogurte aberto e suco concentrado de maracujá, que uso o tempo todo para temperar a água.

No dia da compra do mês lavo o gavetão ...
E assim sempre tenho uma geladeira ok.
Foco e ritmo sempre!


11/02/2019

Simplificando a papelada!

Esse post é sobre uma demanda da vida adulta!
Papelada e documentos.
Se você tem uma casa, uma família, uma vida ... é certo que tem papelada.
Documentos, notas fiscais, garantias, contratos, contas pagas ou não, prospectos ...etc.

Hoje, posso orgulhosamente afirmar que tenho a papelada da minha família em ordem.
Foi um processo, mas hoje tenho um método que super funciona.


1 - Caixa de entrada 
Tenho um suporte,pequeno,15X15 cm no office e colocamos a papelada que chega, como contas a ser pagas, documentos que iremos usar ou cartões de visita de algo que está em curso.
Nele não entra mala direta e outras bobeiras do gênero... 

2- Revisão semanal da Bolsa
A papelada que acumula na minha bolsa, ganha um destino na sexta, quando é dia de arrumação desta.



3- Caixa de pastas suspensas
No meu caso, a preencho com envelopes plásticos.
Tudo a ser arquivado vai para essa caixa.
Notas fiscais, garantias e contratos são organizados por categorias nos envelopes.
A cada 6 meses, mais ou menos, destralho, eliminando as garantias que venceram por exemplo.
Exceção a contratos (de serviços e bancários) e documentação de rescisão trabalhista que não descarto... é uma garantia as deficiências do nosso Brasil.
Contudo , holerith guardo o de janeiro e dezembro de cada ano.



4- Pasta catálogo
Meu marido é funcionário publico e está processo de formação para tornar-se instrutor.
Então,uso uma pasta destas para organizar os documentos como:  o edital de concurso dele, alguns processos administrativos que ele tem aberto (sim! demorar anos para resolverem assuntos de RH em uma prefeitura) e certificados de cursos e condecorações.  


Além da pasta, guardo os manuais oficiais da formação dele, para consultas em uma caixa plástica.
Na prática, é uma caixa plástica quadrada com os assuntos do marido e uma caixa de pasta suspensa para todos os outros assuntos.
O que facilita demais o dia a dia.
Qualquer pessoa consegue achar.
E sempre tenho tudo para pronta consulta. 

08/02/2019

Abandone a esperança!

Pessimismo?
Não!
Realismo.

Não sei se é um fenômeno mundial, mas aqui no Brasil as pessoas tem muita esperança.

Esperança que vão emagrecer sem fazer nada.
Esperança que o agressor vai mudar, se perdoar e dar uma nova chance.
Esperança que vai pagar barato e ter algo incrível.
Esperança que as pessoas vão fazer o que elas querem, sem essas terem se comprometido a tal.
Esperança que vai dar tudo certo, mesmo o que negligenciei.
Esperança, quase certeza que o pior nunca vai acontecer.



Pra mim é assustador!
Mas é o que vejo todo dia.

Então pare!!!

Se não está no contrato, não acredite que vai ter.
Se não mostrou em ações, não pressuponha que mudou.
Se as opções são desastre ou sorte, não aceite!
Se você não fez por merecer, não espere que tudo vai dar certo.

Basear sua vida na esperança é burrice!

Semana passada conversei com um jornaleiro que disse que tinha esperança que algo mudasse o mercado de revistas e a crise do setor passasse.
Ele não tinha um plano, não procurava saídas.
Achava que abrir e fechar a banca e ter esperança era o necessário para o sucesso.
????
Sério!

Todos nós já vimos alguém, ou fomos a pessoa que reza/ora antes de uma prova pois não estudou.
Hilário né!
Mas conheço muitas pessoas, que prestam concurso publico sem preparação. 
E até professoras, que dependem disso pra ter seu emprego.
E mesmo assim, não se preparam.
Mas tem esperança de passar mesmo assim.
????
Sério!

No meu trabalho isso acontece muito.
A pessoa reserva a suite mais barata de todas.
No site tem fotos, descrição, metragem, detalhes ...enfim tudo!
E ainda sim, chega na pousada e pergunta pela suite mais luxuosa e por que não é essa que locou.
A pessoa ignora todas as informações disponíveis e tem esperança que vai receber por algo que não contratou.
????
Sério!

E o que mais vemos é a esperança que irão agir como queremos.
O politico, que a anos não faz nada, vai mudar se eleito.
O familiar agressor, vai cair em si, e tornar-se responsável e amoroso, só pela esperança dos seus.
O filho mimado e dependente irá se tornar um ser responsável e autônomo pela esperança da mãe amorosa.

Só a ação pode gerar a esperança.
É dolorido, mas necessário.
Quer que te tratem direito, dê limites e informe claramente o que espera.
Quer que algo aconteça, aja.
Se prepare para o pior, sempre.
Espere o melhor.
Mas se não for o que ocorrer, tudo bem...
Sem expectativas, tudo é benção. 

06/02/2019

Universidade Pessoal - Você desenvolve a sua ?

Estudos(não acadêmicos)focados em necessidades/interesses pessoais.
Minha definição de Universidade Pessoal.
Resumindo: é a seleção de assuntos do autodidata. 

Essa expressão não é minha, e sim da Thais Godinho do Vida Organizada, mas é perfeita.
A internet possibilitou que cada um desenvolva a sua qualificação de modo privado e personalizado.
O que antes precisava da sala de aula, de instituições, hoje é perfeitamente possível do seu notebook.

Claro que não estou falando de uma formação acadêmica.
Mas sim na instrução contínua e prática de cada um.


Por exemplo:
Meu filho, Gabriel, desde pequeno desenvolve sua Universidade Pessoal.
Percebi isso quando ele tinha pouco mais de 8 anos e adorava pesquisar astronomia.
Os livros básicos, estilo Super Interessante, já não eram suficientes, o que o levava a pesquisar por horas sobre "buracos de minhoca", bing-bang e outras coisas.
Até hoje o professor de ciência da escola reclama que ele faz perguntas complexas kkkk.

Ele nunca deixou de ser autodidata.
Hoje fala super bem Inglês com 13 anos, por que lê e assiste muita coisa sobre suas diversas curiosidades de fontes do mundo todo.
Já focou em Mitologia, feminismo, desenvolvimento de jogos.

Eu como mãe não preciso ter as mesmas informações.
Só preciso ser uma direcionadora do pensamento dele ... ajudando a questionar, desenvolver coerências ou somente ser uma boa ouvinte.

Eu também procuro desenvolver a minha.
Guiada em produtividade, desaceleração e foco, marketing e hotelaria.
Sigo blogs, leio livros, acompanho pessoas interessantes ligadas a esses assuntos e faço cursos online.
Hoje sei mais que ontem.
O que não quer dizer nada! kkkk
Mas só o conhecimento vai me trazer segurança e clareza.
Que é o objetivo de qualquer estudo.

sprintrade network